A- A A+

Tráfico de pessoas e políticas migratórias

"Tráfico de pessoas e políticas migratórias" - Resenha n° 99 - 2° trimestre de 2015 - Roberto Marinucci

Nos últimos meses a imprensa internacional tem relatado graves episódios de tráfico de pessoas e contrabando de migrantes. Podemos citar o caso dos muçulmanos rohingya na Ásia, dos imigrantes e refugiados asiáticos e africanos na Sicília ou dos refugiados eritreus na península do Sinai. São episódios trágicos em que o tráfico de pessoas se entrecruza com a migração. Migrantes forçados ou voluntários ficam envolvidos em redes de tráfico; se tornam vítimas de exploração sexual e de trabalho forçado, são traficadas, deslocadas.

Como erradicar o trabalho forçado e a mercantilização de seres humanos? Em termos políticos, geralmente, o foco da repressão tende a ser prioritário. A fiscalização e a militarização das fronteiras – incluindo a construção de barreiras, valas ou muros – tornaram-se práticas cada vez mais comuns. Uma verdadeira obsessão, como assevera Michel Foucher. É do mês de junho de 2015 o anúncio da construção de um muro entre Hungria e Sérvia. Na União Europeia há planos de bombardear barcos nas costas africanas para combater o tráfico. Cabe lembrar que a pesca é uma das principais atividades econômicas da região: como distinguir os barcos usados para pesca daqueles usados para o tráfico de pessoas ou contrabando de migrantes? Os drones fazem isso?

Clique aqui para ler o artigo completo 

Clique aqui para acessar à Resenha completa

NOTÍCIAS

Austria, "così il Brennero torna a essere il simbolo della divisione"

COMPARTILHE

Le ultime indiscrezioni dicono che i lavori per la barriera potrebbero iniziare a ore, ma per il momento è tutto fermo. L'assessore Pederzini: "Forse nel pomeriggio si muoverà qualcosa, ma noi non sappiamo nulla". Intanto si parla dell'allestimento di una tendopoli nella piazza del mercato cittadino

Leia mais...

Papa Francesco: "Garantire i diritti degli zingari, sono disprezzati"

COMPARTILHE

Il pontefice chiede l'"impegno delle istituzioni”. E ricorda quando sul bus, se salivano i rom, l’autista diceva: “Attenti al portafogli”

Leia mais...
REDES SOCIAIS

Conheça nossos canais dentro das redes sociais, participe, interaja, queremos ouvir você.

facebook  twitter

Centro Scalabriniano de Estudos Migratórios - CSEM
SRTV/N Edificio Brasília Radio Center
Conj. P - Qd. 702 - Sobrelojas 01/02
CEP: 70719-900 - Brasília - DF / Brasil
Tel/Fax: +55 (61) 3327 0669
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

twitter   facebook