A- A A+

Sistema de Refúgio brasileiro

Sistema de Refúgio brasileiro: Desafios e perspectivas

Comitê Nacional para os Refugiados (CONARE)

Nos últimos cinco anos, as solicitações de refúgio no Brasil cresceram 2.868%. Passaram de 966, em 2010, para 28.670, em 2015. Até 2010, haviam sido reconhecidos 3.904 refugiados. Em abril deste ano, o total chegou 8.863, o que representa aumento de 127% no acumulado de refugiados reconhecidos – incluindo reassentados. Estes dados constam do relatório divulgado pelo Comitê Nacional para os Refugiados (CONARE), órgão ligado ao Ministério da Justiça. O relatório traz ainda as ações do governo federal para colaborar com o arrefecimento dos efeitos da maior crise humanitária vivida desde a 2ª Guerra Mundial. O relatório mostra que os sírios são a maior comunidade de refugiados reconhecidos no Brasil. Eles somam 2.298, seguidos dos angolanos (1.420), colombianos (1.100), congoleses (968) e palestinos (376). Ao todo são 79 nacionalidades.

Clique aqui para acessar o documento completo

 

NOTÍCIAS

Identificazione profughi. Bruxelles pronta ad archiviare la procedura contro l’Italia

COMPARTILHE

Il bicchiere mezzo vuoto è che l’Italia deve ancora fare progressi sulle identificazione dei profughi e i rimpatri di chi non ha diritto a rimanere.

Leia mais...

Migrant spouses who fail English test may have to leave UK, says Cameron

COMPARTILHE

 Migrants who fail language tests after two and a half years in the UK may be forced to leave, David Cameron has said, as he announced plans to encourage greater integration of Muslim women. 

Leia mais...
REDES SOCIAIS

Conheça nossos canais dentro das redes sociais, participe, interaja, queremos ouvir você.

facebook  twitter

Centro Scalabriniano de Estudos Migratórios - CSEM
SRTV/N Edificio Brasília Radio Center
Conj. P - Qd. 702 - Sobrelojas 01/02
CEP: 70719-900 - Brasília - DF / Brasil
Tel/Fax: +55 (61) 3327 0669
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

twitter   facebook