A- A A+

Migração e Globalização

Na conferência de abertura, Jorge Martinéz Pizarro traz a reflexão sobre o papel do migrante na economia dos países

Com a colaboração de Cláudia Guerreiro

Entre os dias 3 e 4 de abril, aconteceu em Brasília o Seminário Internacional: Política Migratória e o Paradoxo da Globalização. O evento, que teve o apoio do CNPQ, da FAP/DF, da SENJ/MJ, do Observatório das Migrações Internacionais e do IREL, reuniu cerca de 90 pessoas, entre estudantes, pesquisadores e interessados na temática migratória.

IMG 0015

Para a Conferência de abertura do evento, foi convidado Jorge Martinéz Pizarro, pesquisador do Centro Latinoamericano y Caribeño de Demografía (CELADE)-División de Población de la Comisión Económica para América Latina y el Caribe (CEPAL), em Santiago do Chile. Pizarro abordou os aspectos econômicos e sociais da migração, esclarecendo que estes esta têm um caráter claramente multidisciplinar, ressaltando a possibilidade de uma abordagem transversal, enfocando gênero, etnia, direitos e regiões. 

IMG 0036

Pizarro mostrou também que as migrações têm relevância no desenvolvimento das regiões e que este fato pode ter perspectivas diferentes, a depender do ângulo que se observe. Por um lado, apontou um posicionamento radical que tende a criar o mito de que a migração seria um freio ao desenvolvimento e um elemento responsável pela perda de capital humano, social e demográfico em uma região. Por outro lado, existem os discursos que põem o desenvolvimento regional como um freio às migrações, gerando mais igualdade e inclusão, empregos, receita e bem-estar com menos emigração.

Ao final, o palestrante argumentou que as migrações fomentam o desenvolvimento e este fomenta as migrações, em um movimento de retroalimentação constante. Com todos estes fatores envolvidos, explicou, “nenhuma dessas situações é suficiente e explica-se por si só, mas estão todas interligadas”.

Na globalização, concluiu, “existem restrições migratórias que criam um novo paradoxo e dificultam o exame das oportunidades. Falta, acima de tudo, visibilizar as contribuições econômicas trazidas pelas migrações”. 

NOTÍCIAS

Ministro alemão do Interior quer dificultar asilo no país

COMPARTILHE

Político propôe aceleração do processo de asilo e visto obrigatório para sérvios e macedônios, tendo em vista o aumento de requerentes desses países. Milhares protestaram em Berlim em prol dos direitos de refugiados.

Leia mais...

Migranti, in 500 arrivati con i corridoi umanitari: "L'unica alternativa"

COMPARTILHE

Tra ieri e oggi altre 100 persone sono arrivate legalmente in Italia grazie al progetto promosso da Comunità di Sant’Egidio, Federazione delle Chiese Evangeliche in Italia e Tavola Valdese. Dall’inizio dell’anno sono in tutto 500. L’obiettivo è arrivare a 1000 a fine 2017

Leia mais...
REDES SOCIAIS

Conheça nossos canais dentro das redes sociais, participe, interaja, queremos ouvir você.

facebook  twitter

Centro Scalabriniano de Estudos Migratórios - CSEM
SRTV/N Edificio Brasília Radio Center
Conj. P - Qd. 702 - Sobrelojas 01/02
CEP: 70719-900 - Brasília - DF / Brasil
Tel/Fax: +55 (61) 3327 0669
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

twitter   facebook