A- A A+

ACNUR vai repatriar 135 mil refugiados somalis

O Alto Comissariado da ONU para os Refugiados, António Guterres, apresentou hoje um projeto para repatriar em dois anos 135.000 refugiados somalis, durante uma conferência de doadores em Bruxelas.

O Alto Comissariado da ONU para os Refugiados, António Guterres, apresentou hoje um projeto para repatriar em dois anos 135.000 refugiados somalis, durante uma conferência de doadores em Bruxelas. “No total, as promessas de donativos atingem os 105,8 milhões de dólares (cerca de 93 milhões de euros)”, afirmou António Guterres no final da conferência.

A União Europeia anunciou que vai financiar com 60 milhões de euros o projeto do ACNUR para ajudar os refugiados somalis, incluindo quase um milhão que vivem em países vizinhos, como o Quénia. “Os somalis estão entre as primeiras 10 nacionalidades de pessoas que atravessam o Mediterrâneo para chegar à Europa”, afirmou Guterres, sublinhando que é do interesse de todos que a Somália tenha sucesso nesta operação.

O ACNUR precisa de 500 milhões de dólares (cerca de 440 milhões de euros) para implementar aquele projeto, que se segue ao projeto-piloto executado em dezembro de 2014. Quase 5.300 refugiados somalis que desejavam regressar a casa foram acompanhados no âmbito de um acordo tripartido entre o Quénia, Somália e o ACNUR, disse Guterres.

“Estamos agora a preparar a próxima fase desta operação que visa apoiar 135.000 refugiados a regressar à Somália entre janeiro de 2016 e dezembro de 2017”, afirmou o Alto-comissário para os Refugiados. António Guterres explicou também que os refugiados vão ser estabelecidos em nove distritos da Somália “onde a situação é relativamente segura”.

Fonte: Observador - 21.10.2015

COMPARTILHE
NOTÍCIAS

Las colombianas que cayeron en una red de trata de personas

COMPARTILHE

Se estima que 21 millones de personas están en las redes de la esclavitud moderna. Estas son las historias de algunas mujeres que han luchado contra este flagelo.

Leia mais...

ONU lança cartilha para refugiados perseguidos por orientação sexual

COMPARTILHE

 Dados da Organização das Nações Unidas (ONU) apontam que o Brasil já processou mais de 250 solicitações de refúgio de indivíduos fugindo de perseguições em seus países por questões ligadas à orientação sexual e identidade de gênero. 

Leia mais...
BIBLIOTECA

biblioteca

O CSEM possui uma biblioteca especializada em migrações abrangendo em seu acervo aproximadamente 3 mil livros, periódicos e revistas científicas de vários países. 

Para consultar nossa biblioteca online visite o site da biblioteca e pesquise em nosso acervo.Horário de funcionamento: segunda a sexta-feira, das 9h às 17h


Centro Scalabriniano de Estudos Migratórios - CSEM
SRTV/N Edificio Brasília Radio Center
Conj. P - Qd. 702 - Sobrelojas 01/02
CEP: 70719-900 - Brasília - DF / Brasil
Tel/Fax: +55 (61) 3327 0669
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

twitter   facebook